quarta-feira, 4 de julho de 2012

À contenção do dólar




À contenção do dólar

Disseram que acalmasse, porque passa,
que o dólar se contém pelas medidas
dos homens que conhecem a bagaça
da nossa economia. Suas vidas

dedicam matutando, não fracassa,
prometem, esse plano, consolida
os planos do passado. Que quiçaça,
que terra de tapera, destruída,

que espera que angustia, solitário
me sinto num Brasil de mil babéis,
dos homens que decidem sobre o erário,

soberbos soberanos nos papéis
com contas faz-de-conta. Meu cesáreo
inverso polegar aos bacharéis!


*** Se alguém se interessar pela compra de meu pocket pornô - "99 sonetos sacanas e 1 canção de amor" -, agora pode ir direto ao site da Editora Life.
***  Para quem está na Terra Morena ou adjacências, o livro é vendido nas livrarias "Leitura", no Shopping Campo Grande, e "Le Parole", na rua Euclides da Cunha.

*** Estamos articulando na Semana On-Line.
Share |

12 comentários:

Cássio Amaral disse...

"Brasil mostra a tua cara pra gente ficar assim.
Brasil, qual é o teu negócio?
Confia em mim"

CAZUZA.

Bom soneto como todos mestre.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Henrique,

É por concordar com esta opinião que eu só assisto ao noticiário esportivo: É nóis, mano! Corinthians campeão!

Se Noel é o filósofo do samba, Tite é o filósofo do futebol.

salve, mano bro!
Satoru

BAR DO BARDO disse...

Cássio,

é muita conversa pra boi dormir, só que a gente não pertence ao gado bovino.

Abraço!

BAR DO BARDO disse...

Marcos,

que bom que o futebol anima você.
Seja feliz, então!

Abraço!

Adriana Godoy disse...

Bardinho, dólar ou euro? Realidade? Real?

Acalme o coração, Bardinho, porque desse sim você pode tomar conta, sem faz-de-conta. Beijo.

byTONHO disse...



Tu és um bom HOMEM!
'Henriquecido' és e nos dá o que faz e muito bem!

*

Com intenções... (do LAR)

Na Real...
"...num Brasil de mil babéis", ali babás e tantos ladrões!

Sós, somos soli.otários!

$o$

Oh not!

:o)

Luis Fernando disse...

Fire on Babylon!

Anônimo disse...

Aqui visito a flip
Cada vez ficando mais "i"
Com tanto escritor americano
Penso em real o quanto custa em dolar.
Só tenho one dollar and ninety-nine cents
noventa e nove e um
99 e 1
lembrei...

comprarei um hot dog!!

abraços

Leo Lamarão

BAR DO BARDO disse...

Adriana,

é, o cotidiano serve apenas para os exercícios literários - e, talvez, para as crises de tédio.

Felicidades!

BAR DO BARDO disse...

by TONHO,

sempre que perguntam a certas moças que trabalham em (in)certas casas, elas respondem "Eu sou do lar, mas só em dólar, sem dó!"

BAR DO BARDO disse...

Luis Fernando,

e o fogo só tende a aumentar...

BAR DO BARDO disse...

Aqui visito a flip
Cada vez ficando mais "i"
Com tanto escritor americano
Penso em real o quanto custa em dolar.
Só tenho one dollar and ninety-nine cents
noventa e nove e um
99 e 1
lembrei...

comprarei um hot dog!!



by Leo Lamarão